Ipojuca realiza ações da Operação Inverno nas áreas de risco

Intituladas como Operação Inverno são ações preventivas para o período de chuvas. Elas estão sendo intensificadas pela Prefeitura do Ipojuca, através das Secretaria de Infraestrutura e de Defesa Social, a partir da Defesa Civil.

Além da colocação de lonas plásticas em barreiras que têm risco de deslizamento, também é realizada a manutenção das encostas, recuperação das escadarias, instalação de corrimões que ajudam no acesso às casas e evitam acidentes, além da limpeza dos canais e canaletas.

Prevenção

Uma equipe de engenheiros da Secretaria de Infraestrutura, em conjunto com agentes da Defesa Civil, realiza análises das áreas de risco e tomam as medidas necessárias para prevenir acidentes em caso de chuva forte.

Da última quarta-feira (20) até esta terça (26), foram colocados nove pontos de proteção em encostas de Ipojuca. De acordo com o diretor de Obras da Seinfra, Gustavo Cravo, no último sábado (23), também houve uma ação conjunta das duas secretarias, em Porto de Galinhas, de análise e evacuação de imóveis irregulares que corriam risco de desabamento.

Atendimento

A ação segue ao longo desta e das próximas semanas em várias localidades do município. Quem mora em áreas de risco e quiser pedir vistorias ou colocação de lonas nas barreiras aonde residem, é só ligar para a Coordenadoria de Defesa Civil do Ipojuca (CODECI) através do número 0800-281-0620.

A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia. Outra opção é ligar para Central Integrada de Defesa Social Municipal (CIDEM) no, 3551-1397, que também funciona 24 horas ou através do aplicativo 153 digital.

Durante os trabalhos dos técnicos, os moradores das áreas de encostas recebem orientações sobre os cuidados a serem tomados, sobretudo no período chuvoso. “Uma das dicas é não deixar lixo acumulado nas barreiras e ligar para a Coordenadoria sempre que houver qualquer emergência ou mesmo quando as lonas não estiverem em boas condições de segurança.” orienta Jorge Cavani, Coordenador da Defesa Civil do Ipojuca.

Para Maiara Cristina, moradora de Ipojuca Centro, a colocação de lona, na encosta em que sua casa se localiza, foi um alívio. “Graças a Deus que a Prefeitura colocou a lona porque com a chuva dos últimos dias, se não fosse ela, teria caído tudo” comentou.

O diretor de Manutenção da Seinfra, Luís Fernando Amparo, explicou que a limpeza dos canais e canaletas é feita durante todo o ano, mas o trabalho é intensificado com a proximidade das chuvas. Uma escavadeira hidráulica ajuda no serviço de limpeza dos canais e faz a retirada da vegetação que se forma e dos entulhos existentes para que quando a chuva caia não encontre barreiras e transborde.

Pediria a população para não jogar lixo nos canais nem nas canaletas porque quando entope são os próprios moradores que sofrem. E, também, evitem construções sem as devidas orientações dos órgãos necessários, pediu o diretor Luís Fernando Amparo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.